A nova marca da estação ferroviária de Lodz, na Polônia.

Lodz, fundada em 1423, é a terceira maior cidade da Polônia. Está situada no centro daquele país, a 130 Km da capital Varsóvia, e tem cerca de 700 mil habitantes.

A cidade tinha uma estação ferroviária histórica bastante antiga, que em dezembro último foi substituída por uma nova construção, em estilo contemporâneo. Essa modernização é um dos maiores investimentos em curso na Polônia e contribui para alterar a imagem das ferrovias daquele país.

A atual estação conecta o transporte ferroviário com ônibus de longo trajeto e com o transporte público e privado da cidade.

Mais visibilidade para a ArcelorMittal Europe

“Estamos satisfeitos pelo fato do nosso aço estar sendo usado na implementação dos investimentos mais importantes que modernizam o transporte público na Polônia. Vigas fabricadas em nossa fábrica foram utilizadas para construir a segunda linha de metrô de Varsóvia. Agora, as nossas vigas são parte de uma das estações ferroviárias mais modernas da Europa”, afirma Mark Kempa, CEO da nossa unidade de Varsóvia (capital da Polônia).

Vista aérea da estação em construção.

Vista aérea da estação em construção.

Os números falam por si: um contrato de € 400 milhões, 2.000 trabalhadores envolvidos, 600.000 m³ de concreto e, claro, a nossa contribuição: 20.000 toneladas de vigas com espessuras entre 20 mm e 32 mm, produzidas na unidade de Varsóvia.

Uma estação totalmente equipada e moderna

A entrada principal da nova estação está localizada no nível da rua. O edifício tem 350 metros de comprimento por 85 metros de largura. Área de espera, pontos de venda de bilhetes, restaurantes, estação de ônibus e estacionamento para 1.000 carros estão localizados no primeiro nível do subsolo, a 8 metros de profundidade.

Acesso aos subsolos da estação, onde estão localizados os terminais modais e a estação ferroviária.

Acesso aos subsolos da estação, onde estão localizados os terminais modais e a estação ferroviária.

A nova estação ferroviária, com quatro plataformas e oito pistas, está localizada a 16,5 metros de profundidade e tem capacidade 20 vezes maior de passageiros em relação à antiga estação – até 200.000 por dia.

Graças à cobertura transparente, seu interior recebe a luz do dia. Na parte interna da estação, os passageiros podem encontrar reproduções das fachadas da antiga estação ferroviária: antes da demolição do antigo edifício, os elementos da sua arquitetura foram documentados e reproduzidos em moldes de gesso.

Reproduções em gesso das antigas fachadas contrastam com a modernidade da nova estação. (By Travelarz - Own work, CC BY-SA 3.0 pl,)

Reproduções em gesso das antigas fachadas contrastam com a modernidade da nova estação. (By Travelarz – Own work, CC BY-SA 3.0 pl,)

O projeto da “Nowa Lodz Fabryczna” alcançou sua fase final com a inauguração da estação, em dezembro de 2016.

Referências

http://europe.arcelormittal.com/fol_lodzstation

http://www.nlf-b2.pl/

https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=54027929

Crédito das imagens: Archives of Lodz City Hall, NLF Torpol-Astaldi s.c.

Deixe um comentário