Ponte entre Luxemburgo e Alemanha foi construída em quatro meses e meio.

Pontes de aço premontadas

Duas novas pontes, recentemente construídas na Europa, têm características semelhantes e apontam uma tendência: ambas são feitas de aço; são premontadas; e o vão central livre facilita a navegação.

Outra semelhança, ambas foram fabricadas com chapas grossas de aço da série S460, produzidas em nossa unidade de Gijón (Espanha).

A ponte Grevenmacher

A ponte de aço sobre o rio Mosela, que liga as cidades de Grevenmacher (Luxemburgo) e Wellen (Alemanha), foi entregue 4 meses e meio depois de iniciada sua construção.

Ela foi construída no mesmo local em que estava a antiga ponte, obra de 1955, feita de concreto protentido. A estrutura, demolida durante o fechamento anual das eclusas do rio, deu lugar a uma ponte com tabuleiro ortotrópico (tabuleiro enrijecido de aço), com 213 metros de extensão e vão livre central de 113,8 metros.

Uma das características da nova estrutura é a ausência de pilares no rio, que permite maior espaço navegável. Isso foi possível graças ao uso do aço como estrutura da ponte.

A obra enfrentou um grande número de condicionantes, como a necessidade de se utilizar materiais resistentes, leves e feitos sob medida para se obter um desenho refinado e estilizado. O prazo de execução foi muito curto, para minimizar a interrupção do tráfego local.

A Poncin, empresa belga responsável pela estrutura de aço, optou por chapas sob medida para a construção dos componentes principais do arco da ponte.

Montagem dos componentes de aço nas oficinas da Poncin, na Bélgica.

Montagem dos componentes de aço nas oficinas da Poncin, na Bélgica.

Um projeto de grande repercussão

No projeto arquitetônico, o leve e elegante desenho da ponte em arco de aço expressa a forte e dinâmica relação entre os dois países. A integração dos vãos secundários com o principal se caracteriza por uma curvatura contínua, que passa pelos suportes sob o tabuleiro e termina nos pilares, içando-se de novo de modo simétrico em cada lado, até as margens do rio.

Com peso total de cerca de 2.000 toneladas, a ponte tem vão central de 113,8 metros e a largura do tabuleiro varia entre 12,50 metros e 16,10 metros. A construção dos componentes-chave do arco de aço consumiu cerca de 750 toneladas de chapa grossa das séries S355J2+N e S460N. Os aços S460N oferecem mais resistência e permitem reduzir a espessura dos elementos premontados.

Peça de 1.600 toneladas foi transportada por via fluvial

Os componentes da ponte foram fabricados em Ocquier (Bélgica) e transportados por rodovia até a cidade portuária de Mosela Mertert, em Luxemburgo.

Inserir

Transporte fluvial da peça central da ponte, de 1.600 toneladas.

A peça central, de 1.600 toneladas, foi levada em uma barcaça até o local da instalação, onde foi girada 90º e posicionada em cima dos pilares, em cada margem do rio. A geometria do vão central permitiu que a estrutura fosse autoportante. A operação durou 3 horas.

Os elementos do tabuleiro, que conectam o nível do solo com a secção aérea, foram posicionados por meio de engates. O piso de rodagem da ponte foi colocado diretamente sobre a prancha ortotrópica de aço.

Inserir

Vista inferior da ponte, com detalhes do apoio e fixação em fundações nas margens, e ausência de pilares no meio do rio.

A ponte Uyllanderbrug

A Uyllanderbrug, na capital da Holanda, é uma ponte de aço sobre o Canal Rin. Ela é constituída por duas pistas duplas para automóveis e uma via para bicicletas. Cerca de 750 toneladas de chapa grossa tipo S460ML, foram utilizadas na sua construção.

Vista das pistas rodoviárias e da ciclovia.

Vista das pistas rodoviárias e da ciclovia. (Foto: Maurice Boyer)

A Uyllanderbrug faz a ligação do centro com o novo bairro residencial de IJburg, lado leste de Amsterdam, construído sobre ilhas artificiais.

Desenvolvido pela Quist Wintermans Architecten, o projeto é uma interpretação atual de uma ponte padrão em arco e se caracteriza pela sua limpeza conceitual e tensão espacial. Sua forma expressa as trações e fluxos tensionais, criando uma imagem impactante.

No sentido transversal, a rigidez se concentra em duas vigas, que formam uma unidade com as outras quatro vigas transversais e se conectam aos dois arcos na parte superior. Graças a isso, a parte superior do arco teve sua largura reduzida pela metade em relação à parte inferior, que está na cota do tabuleiro da ponte.

A ponte tem extensão total de 350 metros, com vão livre central de 150 metros, que dista 9,3 metros da superfície do Canal. No ponto mais alto, o arco tem 24 metros. A largura total da ponte é de 30,5 metros.

A fabricação das peças foi feita na cidade belga de Eeklo.

A fabricação das peças foi feita na cidade belga de Eeklo.

A ponte foi fabricada pela Victor Buick Steel Construction, na cidade de Eeklo (Bélgica), e foi transportada até Diemen, nos arredores de Amsterdam, onde foi montada.

Com 2.672 toneladas, ela foi içada com a ajuda de duas barcaças e colocada na sua posição final.

Duas chatas foram utilizadas para içar a ponte.

Içamento da ponte para ser colocada na sua posição final.

O aço S460

Os aços da série S460 são leves e ao mesmo tempo resistentes, por isso são especialmente indicados para uso arquitetônico. O fornecimento de chapas em tamanhos superiores ao padrão para os arcos das pontes – mais de 20 metros de comprimento e mais 3 metros de largura – é determinante para manter um número mínimo de seções utilizadas.

Por ser altamente resistente, este aço possibilita redução na espessura e, consequentemente, no peso dos elementos da ponte.

Crédito das imagens ponte Grevenmacher: © CDCL & ArcelorMittal.

Crédito das imagens ponte Uyllanderbrug: © Victor Buyck Steel Construction.

1 comentário de “Pontes de aço premontadas

  1. Anderson Lima
    16 de março de 2016 às 18:21

    Boa tarde!! Gostaria de saber como posso me tornar um distribuidor dos produtos da ArcelorMittal.

Deixe um comentário